Efeitos Colaterais da pilula do dia seguinte, Náuseas e vômitos são os efeitos colaterais mais comuns entre as mulheres que utilizaram a pílula do dia seguinte.

Efeitos Colaterais da pilula do dia seguinte

Náusea é o efeito colateral mais comum entre as mulheres que fazem o uso da pílula do dia seguinte, só ele representa cerca de 40 a 50% dos casos de reações da pilula do dia seguinte. O segundo é o vômito, com cerca de 15 a 20%. Segundo o Ministério da Saúde esses efeitos podem ser minimizados através do uso de anti-vômitos uma hora antes da utilização da pílula. Os fabricantes ressaltam que se ocorrer o vômito em duas horas após a administração do medicamento, a dose deve ser repetida.

Outro efeito colateral pilula do dia seguinte é para que as mulheres não utilizem o método antes de seis semanas após o parto. Se estiverem amamentando, devem tomar cuidado, ao fazer uso do contraceptivo de emergência, já que esse pode ser passado para o leite materno. Estudos mostram que a quantidade encontrada no leite, não altera a qualidade ou a quantidade do leite, mas é bom não arriscar Mamães!

Existem também efeitos da pilula do dia seguinte, menos comuns, segundo os fabricantes, como: tontura (11,2%), fadiga (16,9%), dores de cabeça (16,8%), sensibilidade nos seios (10,8%), dor abdominal inferior (17,6%), reações adversas (13,6%) como diarréia e algum sangramento irregular ou sangramentos pontilhados.

A pílula do dia seguinte efeitos colaterais pode mudar, em poucos casos, a rotina menstrual. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) 57% das mulheres que fazem o uso do medicamento não tem sua menstruação atrasada ou adiantada. Em 15% a menstruação poderá atrasar em sete dias, já em 13% atrasará mais de 7 dias. A organização também afirma que não há efeitos danosos ao ciclo menstrual.

A única contra-indicação do produto (pílula do dia seguinte efeitos secundários) indicada pela OMS é para aquelas mulheres que não descartam a possibilidade de já estarem grávidas. Se caso houver o uso da pílula e for confirmada a gravidez, o medicamento não impedirá a evolução da mesma. Porém, os fabricantes advertem aos consumidores a necessidade de procurar um médico.  Alguns fabricantes também contra indicam o produto para pessoas que tenham hipersensibilidade a algum dos componentes da fórmula. Ou para situações de sangramento vaginal sem origem esclarecida.

Pílula do dia Seguinte

As informações aqui encontradas são públicas e retiradas da própria internet, não comercializamos nenhum dos medicamentos citados e não incentivamos seu uso. Antes de consumir qualquer medicamento você deve consultar seu médico.